Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

| Voltar |

Central de Notícias - Joalheria

Tarsila na 50ª FENINJER




Tamara Francischetti e Bialice Duarte 


A 50ª Feninjer recebeu, em seu primeiro dia, a visita de familiares da Tarsila do Amaral. A artista plástica modernista (1886-1973) é tema e inspiração da nova coleção da Sigma Joias, assinada pela designer de joias Bialice Duarte, que também tem laços familiares com a grande pintora: a mãe de Tarsila era prima-irmã de sua bisavó.

“Já há muito tempo que eu queria criar um projeto de joalheria baseado na obra de Tarsila. Em 2008 esse projeto já estava desenvolvido e foi tema de uma tese que apresentei durante o Boom Design – Fórum Internacional de Arquitetura, Design e Arte, no painel “Tarsila ícone, a antropofagia no design”. Foi a primeira vez que um simpósio de design viu um trabalho de joalheria baseado em um artista brasileiro”, informa Bialice, que concebeu desde as joias até a comunicação visual da coleção, já que também é ilustradora e artista plástica. A ideia da coleção de joias foi apresentada por ela aos familiares que detém os direitos sobre a obra de Tarsila – cerca de 30 pessoas reunidas numa empresa responsável por coordenar todas as ações que envolvem as criações da pintora modernista – obtendo aprovação imediata dos herdeiros.

Tarsila Colecionável




Pulseira de ouro amarelo com berloque de ouro branco (Olhar de Tarsila), de ouro amarelo com ágata (Boca de Tarsila), de ouro amarelo com brilhante e ágata (Sapo Cururu), de ouro amarelo com ágata (Coqueiro) e de ouro amarelo com ágata (Pão de Açúcar)


Inspirada em grandes obras da pintora brasileira, foram criados anéis, brincos, berloques e miniquadros com reproduções fotográficas protegidas por polímeros vítreos emolduradas de ouro. Da tela “Abaporu” foi criado um berloque. De seu “Auto Retrato” nasceram dois berloques: um em forma de olho e outra com a boca de Tarsila.

“A ideia de produzir a coleção nos encantou assim que Bialice nos mostrou o projeto. Nossa intenção foi fazer uma coleção diferenciada, permanente e colecionável. Todas as peças são numeradas e Tarsilinha do Amaral, sobrinha-neta de Tarsila, assinará os certificados das peças. Lançamos estas primeiras joias da coleção Tarsila Colecionável nesta Feninjer. Mas ela vai continuar: as peças que serão lançadas na Feninjer de agosto já estão prontas”, informa Tamara Francischetti, Diretora de criação da Sigma.

CCBB

A coleção será apresentada na abertura de uma exposição com as obras de Tarsila que acontecerá em maio, no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro. “Será uma forma de mostrar ao grande público que joia também é arte”, comemora Bialice.

Leia também:

Palestra sobre marketing digital abre a 50ª Feninjer 

Conecte-se às novidades dos expositores da 50ª FENINJER

FENINJER: feira chega à 50ª edição com lançamentos conectados, palestras e exposições 

Tarsilinha do Amaral (sobrinha-neta), Tamara Francischetti (Sigma), Bialice Duarte, Thais Amaral Perroy (sobrinha), Alice de Souza Carracedo (prima), Lilia Amaral Galvão Bueno (sobrinha-neta), Luis Francischetti (Sigma)

Fonte: Da Redação

Publicada em 07.02.2010

mais notícias sobre Joalheria >>

Outras Notícias?
Escolha o Canal:


© Copyright 2009 InfoJoia | Desenvolvido por 3N Design